Artistas

Cia.

NADA

Cia. 4 pra nada

A Cia. 4 pra nada nasceu em 2010, em Ribeirão Preto, entre a união de artistas da cidade com coordenação e direção de Carlos Canhameiro (professor do curso de Teatro da Barão de Mauá). Com o propósito de experiênciar híbridos de linguagens, como teatro, dança e performance, tem em currículo a obra [AMOR em fragmentos] inspirada no livro “Fragmentos de um discurso amoroso”, do filósofo francês Roland Barthes, cuja estréia deu-se no Festival de Teatro de Ribeirão Preto (obra contemplada com o Programa de Incentivo a Cultura - PIC - Ribeirão Preto 2011) e [outras] histórias reais, inspirada no livro “histórias reais”, da artista plástisca francesa Sophie Calle, cuja estreia se deu no SESC Ribeirão Preto (obra contempla com o Programa de Incentivo a Cultura - PIC - Ribeirão Preto 2012).

 

Em 2015, a Cia. 4 pra nada foi selecionada para participar do 2º Ocupa Atibaia, projeto da Incubadora de Artistas de fomento à arte de rua.

 

Atibaia recebeu a intervenção urbana "[EM] Quadros", uma obra constituída de 20 cenas que deslizam entre as fronteiras do grafite, da intervenção, da performance, do teatro, da música, da dança e das artes plásticas. A ação percorreu a região que abrange a rodoviária da cidade até o Mercado Municipal. O trabalho, realizado pela Cia. 4 pra nada, partiu da investigação do fenômeno Bansky, provocador-artista-secreto-britânico, que ficou famoso com sua arte de pichar paredes usando a técnica do estêncil.

 

A apresentação instigou a curiosidade e reações diversas de riso e espanto de quem parou para assistir ou acompanhou o grupo de atores por todo o trajeto. O público também foi convidado a fazer parte das cenas, sendo submetido a uma rotina diferenciada a sua percepção cotidiana dos movimentos, do ambiente público, do usual habitual das ruas que percorrem frequentemente.

 

Site: 4pranada.wixsite.com/site

 

2° Ocupa Atibaia - Cia. 4 pra nada - [EM] Quadros: